|

Tabela revela caminho árduo para o Atlético

A doze rodadas para o fim da Segundona, os times que brigam pelo acesso já se voltam para a tabela para tentarem projetar a pontuação necessária para garantir a Série A em 2013. Tirando o líder Vitória e o vice Criciúma, o duelo intenso por duas vagas está concentrado, por enquanto, entre Goiás (3.º), São Caetano (4.º) e Atlético (5.º). Pela frente, os três têm caminhos com níveis distintos de dificuldade.

Em teoria, quem tem a trajetória mais simples é o time goiano. No horizonte, encontra apenas uma equipe do G4, justamente o São Caetano, fora de casa. A grande vantagem, porém, está nos duelos com as atuais quatro condenadas a disputaram a Série C no ano que vem – Guaratinguetá, Bragantino, Ipatinga e Barueri.

Já as tabelas do Azulão e do Furacão são, até certo ponto, semelhantes. Ambos enfrentam três equipes que estão entre os quatro primeiros. A agremiação paulista pega os três logo acima – Vitória, Criciúma e Goiás –, além do próprio Rubro-Negro, sendo dois fora e dois em casa. Entre os virtuais rebaixados, pega outros três.

Por outro lado, o time comandado por Ricardo Drubscky tem como desvantagem na projeção o fato de que enfrenta Vitória, Criciúma e São Caetano, todos fora de casa – nas partidas em casa, perdeu para os times baiano e paulista, e venceu o Tigre. Sem contar que é o que pega menos equipes da ZR: o Bragantino já no próximo sábado e o Guaratinguetá na 33.ª rodada.

URL curta: http://www.correioatlantico.com/site/?p=8019

Comente esta notícia!


Dê a sua opinião sobre o artigo. Ela é muito importante para nós.

*obrigatório