|

Toninho Cecílio pede paciência para torcida após derrota na estreia

O sentimento paranista após a derrota de sexta-feira (21) para o Joinville por 3 a 1 é de recuperação. A equipe terá novamente a semana livre como preparação para o duelo contra o São Caetano na próxima sexta (28), na Vila Capanema.

“Eu repito ao torcedor do Paraná que encontrei um grupo querendo se recuperar. Porém, o equilíbrio do campeonato não permite este tipo de erro [sofrer gols logo no início da partida]”, afirmou o técnico Toninho Cecílio.

A missão de substituir um ídolo como Ricardinho fez com que o treinador pedisse apoio para o torcedor no que será o seu primeiro contato com ele desde que assumiu em um duelo contra outra equipe que, a exemplo do Joinville, briga pelo acesso. “Gostei como encararam o jogo. Tenho certeza que este grupo está comprometido e quero ir com eles, com a diretoria. Peço que torcedor tenha paciência, pois vou para cima da dificuldade e vamos crescer nela”, disse.

A distância do Paraná para a zona de rebaixamento é de sete pontos, restando 36 em disputa nas 12 rodadas que encerram a temporada. O sentimento é um pouco inverso, ao menos nas declarações do comandante. “Irei analisar com frieza o que aconteceu e trabalhar mais forte para ter uma equipe para próximo jogo. Chamo para mim a responsabilidade de conversar com calma e não cometermos os mesmos erros”, concluiu.

URL curta: http://www.correioatlantico.com/site/?p=8012

Comente esta notícia!


Dê a sua opinião sobre o artigo. Ela é muito importante para nós.

*obrigatório