|

Morre no Rio ex-lutador Ted Boy Marino

O ex-ator e lutador de luta livre Mario Marino, conhecido como Ted Boy Marino, morreu no início da noite desta quinta-feira (27), após uma cirurgia de emergência de trombose, no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, na Zona Sul.

Aos 72 anos, após cerca de 9 horas de operação, Ted não resistiu a uma parada cardíaca e faleceu. A informação foi confirmada pela família e pelo hospital.

Segundo um de seus filhos, Ted Marino, o ex-lutador já estava sendo submetido a sessões de hemodiálise há três anos, o que enfraqueceu seu organismo. No fim da tarde de quarta-feira, ao chegar de sua última sessão, Ted teria sentido uma dormência nas pernas e não sentia uma delas. Ao ser levado para o hospital, os médicos constataram que houve um entupimento das artérias. Ele foi submetido a uma cirurgia, mas não resistiu.

“Ele era um cara muito debochado, estava feliz até seus últimos dias. Enfrentava a vida da melhor forma possível”, afirmou o filho.

Ted Boy Marino será velado nesta sexta-feira, a partir das 9h, no cemitério São João Batista, em Botafogo, Zona Sul do Rio.

Entrevista

Em uma de suas últimas entrevistas – concedida em agosto deste ano, à Tribuna do Paraná – Ted Boy Marino relembrou dos tempos em que trabalhava com “Os Trapalhões”, antes mesmo de a Rede Globo ter “comprado” o programa. “Todas as brigas que tinham, era eu quem preparava o cenário. Eram lutas de fantasia, com golpes pro pessoal não se machucar”, disse.

O ex-lutador também demonstrou orgulho, ao mencionar que era comparado aos ídolos do esportePelé Éder Jofre. Marino também resgatou um pouco do sucesso que o telecatch tinha no Brasil. “Ainda era uma época de TV em preto e branco e havia poucos aparelhos. Então o pessoal ia atrás de onde tinha uma TV. Alguns prefeitos colocam um televisor nas praças só pro pessoal assistir”, contou.

URL curta: http://www.correioatlantico.com/site/?p=8036

Comente esta notícia!


Dê a sua opinião sobre o artigo. Ela é muito importante para nós.

*obrigatório