|

Cooperação garante vigilância sobre qualidade da água

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) e a Secretaria de Estado da Saúde assinaram termo de cooperação que garante a continuidade do Programa Estadual de Vigilância da Água para Consumo Humano (Vigiagua). O Tecpar fará a análise da água consumida em diversas regiões do Paraná enquanto o Laboratório Central (Lacen) passa por reforma.

O programa prevê a coleta, pela Vigilância Sanitária, de água potável em municípios de várias regiões do Estado. Durante o período de cooperação serão feitas cerca de 4.500 análises físico-químicas e microbiológicas da água. O serviço será feito pelo Tecpar por um período de seis meses, podendo ser prorrogado.

“O Tecpar possui os equipamentos e os insumos necessários para fazer as análises de água de acordo com as normas do programa Vigiágua, criado pela secretaria para atender a uma portaria do Ministério da Saúde (MS)”, diz a gerente do Laboratório de Microbiologia e Toxicologia do Tecpar, Carmen Etsuko.

O Vigiágua foi o primeiro programa de vigilância da água para consumo humano do Brasil a manter uma sistemática de análises de controle de qualidade. Seus critérios foram usados na elaboração do Programa Nacional de Vigilância do Ministério da Saúde.

“À medida que forem feitas a coleta e a análise, o resultado irá guiar as atividades da secretaria”, afirma Quelcy Correa, gerente do Laboratório de Tecnologias Ambientais e Agronômicas do Tecpar. “É um trabalho contínuo que visa o controle e a qualidade da água no Estado”, acrescenta.

Nos próximos meses estão previstas análises da água do Litoral que recebe grande fluxo de turistas no verão.

URL curta: http://www.correioatlantico.com/site/?p=4734

Comente esta notícia!


Dê a sua opinião sobre o artigo. Ela é muito importante para nós.

*obrigatório